Skip to content
Anúncios

O Náufrago Invisível – Parte 1

domingo, 2 março, 2008 @ 1:50 pm

Marçal Ceccon, do veleiro  Rapunzel, mandou o relato de um achado, no mínimo, inusitado. Como sempre, um texto muito bem escrito e cheio de bom humor. Como é um pouco extenso, e para dar um certo suspense, o editor deste blog resolveu dividi-lo em duas partes. Aqui vai a primeira.

Jangada de Náufrago - Foto © Marçal CecconVeja que encontro mais “insólito”, uma típica jangada de náufrago, que iria muito bem num filme tipo Robinson Crusoe, bem aqui perto da ilha Sandri!!

Navegando do Bracuhy em direção a Paraty, às 15 horas mais ou menos [sábado, 1° de março], vimos uma coisa estranha ao longe com o binóculos. O que parecia ser um barco na verdade era uma jangada com uma tosca cabana em cima, não acreditamos. Chegamos perto para “espiar” esperando encontrar alguém lá dentro, vivo ou morto, ou precisando de ajuda! No último momento, uma palha da cobertura caiu com o vento e quase matou a Eneida de susto. “Tem gente ali!”.

Abordando a jangada - Foto © Eneida Ceccon Mais perto, vimos que estava vazia. Recolhemos a genoa e aproximamos pelo lado até poder jogar a ancora do bote em cima da jangada para uma abordagem. Puro estilo pirata, com as garateias de abordagem! Amarramos a coisa na popa e fui a bordo.

Era uma jangada de troncos e bambus, amarrados com cipó e fibras de coqueiro ou coisa parecida. Media mais ou menos uns 4m de comprimento por 2,5 m de largura. Três camadas de troncos sobrepostas davam uma boa flutuabilidade. Os troncos e bambus eram cada um de uma medida, levando a crer que era material pego do mar, ao acaso. No chão havia dois remos com cabo de bambu e pás de madeira também colhida do mar, pelo aspecto irregular, amarradas ao cabo com cipós. Uma cabana de folhas secas de coqueiro completavam a arquitetura da “casaria”. Uma lança apontada a facão estava no chão ao lado da cabana, seria para pesca?

Não perca, amanhã, a parte 2 de “O Náufrago Invisível” por Marçal Ceccon.

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. quarta-feira, 5 março, 2008 @ 5:36 pm 5:36 pm

    Muito legal esse post! Como anteriormente vcs já tinham liberado a publicação de conteúdos – citando a fonte – pus em nosso site para alvoroçar a galera da Bahia, principalmente, a conhecer a história e o blog de vcs.

    Bons Ventos!
    Flávia

    Curtir

  2. fernando Soares permalink
    quarta-feira, 5 março, 2008 @ 11:14 pm 11:14 pm

    OI amigos,ajangada encontrada era da novela da recorque estava sendo filmada,no mar ai perto ,a novela e caminho do coraçaõ ,esta no ar as cenas da jangada ,obrigado.

    Curtir

  3. Benedito Correa permalink
    sexta-feira, 7 março, 2008 @ 9:42 am 9:42 am

    na quarta feira dia 05/03 estava assitindo ao jogo do fluminense e ao mesmo tempo ligado na rede record, pois às 23:00 hs iria passar um filme com Ben Stiler (quero ficar com Poli), só que eu ficava alternando entre jogo e filme (que nunca começava), dai voce deve estar se perguntando: o que tem haver filme e jogo com jangada? pois bem nesse vai e vem encontrei uma cena em uma novela da record de uns náufragos na jangada em que voce fotografou, o que me deixa mais curioso é que em se tratando de uma teve onde a mensagem e educar, nós vimos uma tremenda falta de educação, quer dizer o lixo não serve mais joga no mar, parece que o mar para algumas pessoas virou um grande depósito de lixo.
    OBS: quero fazer uma campanha para levar de volta esta jangada para a record, pois só quem vive no mar sabe da importância em preservalo (o mar é para quem sabe amar).

    Curtir

  4. sábado, 8 março, 2008 @ 2:58 pm 2:58 pm

    Flávia,

    Sinta-se a vontade de fazer links para as notas do MaraCatu Weblog, afinal é assim que os blogs funcionam. No fim vira uma confraria, ou “rede social” como os geeks falam.

    Obrigado por divulgar nosso blog.

    Fernando,

    É isso aí, você desvendou o mistério. Marçal também nos mandou e-mail avisando da gravação da novela.

    Obrigado por comentar. Seja sempre bem-vindo.

    Benedito,

    Parabéns pela vitória do Fluminense (viu o filme também ou depois foi bebemorar?).

    Realmente seria um desrespeito a Record largar um adereço da novela Caminho do Coração no mar, mas parece que a jangada fugiu do set de filmagens.

    No dia que publiquei a nota escutei, no canal VHF 68, uma embarcação reportar que já tinha resgato a jangada e que estava retornando… (não consegui pegar mais detalhes).

    Quanto à poluição do mar, não sei se já leu o post sobre o “vórtex de lixo” que escrevi no dia 29 de fevereiro. Se não leu clique aqui: https://maracatublog.wordpress.com/2008/02/29/plastico-e-ph@da/

    Bons ventos a todos,

    Curtir

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: