Skip to content
Anúncios

Tem boi na água

segunda-feira, 17 novembro, 2008 @ 9:04 pm

Base do Projeto Peixe-boi em Mamanguape - Foto © Hélio Viana

Fomos visitar o Projeto Peixe-boi em Barra de Mamanguape, umas 40 milhas ao Norte de Cabedelo. Joao Carlos e Carla Fiúza vieram com seus possantes Land Rovers, que junto com o carro da mana Liane deu para fazer uma caravana e levar todas as tripulações que esperavam uma janela para descer para Recife.

Corria o dia 12 de outubro, quando se festeja Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil. A primeira parada foi na igreja da Guia, que fica num outeiro com uma vista privilegiada da barra do rio Paraíba Não é um peixe-boi, é o Maguila - Foto © Hélio Vianae que nos idos de 1500 e poucos era usado pelos piratas como posto de observações. Como eles não podiam entrar na igreja, fizeram um puxadinho do lado e ornamentaram o frontispício com uma caveira, pode? A surpresa foi saber que dia 12 se festeja também Nossa Senhora da Guia, o entorno da igreja estava coalhado de romeiros.

Depois foi seguir por estradas de terra dentro de infindáveis canaviais até a praia de Ponta de Campina, onde já nos esperava um empadão de marisco e umas garrafinhas geladas de cachaça São Paulo. Mas o almoço ficou para depois, antes fomos ao peixe-boi.

Palestra sobre o peixe-boi - Foto © Hélio VianaNa sede do projeto assistimos a um vídeo que nos ensinou que o peixe-boi é o único mamífero aquático herbívoro da atualidade e está ameaçado de extinção. Por causa da cauda e do seu canto (vocalizações), os antigos navegadores associaram o animal com a figura mitológica das sereias. Daí surgiu o nome de sua ordem: Sirênia. No Brasil, existem duas espécies de sirênios: o peixe-boi da Amazônia e o peixe-boi marinho, este classificado como criticamente ameaçado de extinção porque além da matança eles possuem uma Mara, João e Ana - Foto © Hélio Vianataxa reprodutiva muito baixa, pois a fêmea tem geralmente um filhote a cada três anos, sendo um ano de gestação e dois anos de amamentação. Mais informações sobre o bichão, que pode medir 4 metros e pesar até 800 quilos, você acha na página do projeto. Vale também uma lida no artigo de Claudio Savaget, jornalista e diretor do programa Globo Ecologia, que conta a saga do gaúcho José Catuêtê de Albuquerque, o Catu, que em 1979 implantou o “que se tornaria o primeiro programa nacional dirigido à proteção dos recursos marinhos”.

Liane dando tchau - Foto © Hélio Viana
Com a módica taxa de cinco reais por pessoa, três exímios canoeiros nos guiaram entre viçosos manguesais até o viveiro onde moram seis peixes-boi. Pense num bicho estranho: gordo, roliço, sem pescoço e sem orelhas. Não é peixe porque mama e não é boi porque vive no mar, mas come capim. Estranho, mas fofinho e dócil.

“Na base da Barra de Mamanguape foi realizada a segunda experiência de reintrodução de peixes-bois marinhos no Brasil, que ocorreu em sucessivos estágios de cativeiro em ambiente natural, com a liberação total em 22 de abril de 1999”. Em mais alguns dias um casal será reintroduzido ao habitat natural. Vida longa aos peixes-boi!

O Peixe-boi - Foto © Hélio VianaPeixe-boi faz carinho no pé de João - Foto © Hélio Viana

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. fernando albano permalink
    sexta-feira, 25 junho, 2010 @ 3:24 pm 3:24 pm

    Olá Hélio, muito legal este passeio do Peixe Boi, ainda bem que temos pessoas interessadas em salvar essas espécies.Ja fiz este passeio de bugre , qd fui de joao pessoa a fortaleza pela areia.Com td respeito, vou fazer uma correção , não é praia de ponta de campina , é praia de campina, a praia ponta de campina é onde eu moro, que fica entre intermares e poço.Façam uma boa viagem e boa sorte.

    Curtir

    • sábado, 24 julho, 2010 @ 10:27 am 10:27 am

      Fernando,

      Bem vindo a bordo. Grato pela correção, estou há tanto tempo fora da terrinha querida que misturei as bolas.
      Boa sorte e bons ventos sempre,

      Curtir

  2. maria lucia cardoso permalink
    quarta-feira, 30 junho, 2010 @ 5:22 pm 5:22 pm

    Gente por favor mim enforme o número do telefone da reserva do peixe boi marinho em barra de mamaguape

    Um abraço lucia emm caicó

    Curtir

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: