Skip to content
Anúncios

Escala de Viagem – Jericoacoara

segunda-feira, 8 dezembro, 2008 @ 7:09 pm

Nós felizes em Jeri - Foto © Fernando Blumer As férias em Jeri sempre são uma curtição. Sim, é nossa 3ª vez nesse lugarzinho. Estamos aboletados na casa do Fernando, o filho de Mara, que gentilmente nos cedeu o quarto principal e se instalou com a namorida Lívia na sala.

A rotina, pelo menos para mim, tem sido acordar tarde, tentar atualizar o blog, quando entra o vento ir para a praia fotografar as velas de wind surf, passar na distribuidora de bebidas do Nazinho Fernandoem um dia de pouco vento - Foto © Hélio Vianapara tomar uma Bohemia a 3 reais, almoçar lá pelas 16 horas cada dia em um lugar diferente (já dá para fazer um guia gastronômico daqui), passar novamente no Nazinho, voltar à praia e subir a duna para ver o pôr-do-sol, fazer mais fotos, passar de novo no Nazinho, brincar com os cachorros (tô ensinando os dois menores a ficarem quietos a custa de muito Biscrock), tomar banho no chuveirão do jardim e dar uma volta pela night da vila.

Quando chegamos, na quarta-feira 3, baixou o santo da mãe Maria Lúcia em Mara e ela se danou a limpar a casa. Luta inglória contra a areia que entra por todos os buracos. Depois de dois dias veio a rendição e ela contratou uma pessoa para a ajudar na faina. Jeri está encarrapitada em uma duna e com o vento freqüente a areia é uma constante. Depois de uma seção de fotos na duna é comum tirar alguns micro-gramas de areia da câmera, do ouvido, do olho e até dos poros.

A performance de Fernando - Foto © Hélio Viana Fazia tempo que eu não via o sol nascer. No sábado fomos ao restaurante Sky ver o show da ProHKana, a banda de rock do Fernando. As coisas aqui começam a acontecer perto de meia-noite, la pelas três horas da madruga eles começaram a tocar. Acordamos enressacados perto do meio-dia e as meninas foram para a cozinha fazer um feijão pra mim (Lívia já sabia que sou feijão positivo).

Hoje Fernando fez um churrasco no jardim da casa e amanhã o programa será ir de bugue pela praia até Tatajuba para tomar banho na Lagoa da Torta.

Como diz o Ricardinho, “ô vidinha mais ou menos…”.

Anúncios
No comments yet

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: