Skip to content
Anúncios

Os Stones em Jeri

sexta-feira, 12 dezembro, 2008 @ 1:46 pm

A varanda do Club Ventos em Jeri - Foto © Hélio VianaEste ano ganhei dois presentes que gostei muito. Você sabe que sou um apreciador de rock’n’roll, principalmente os clássicos da década de 1970 como o Led Zeppelin, Doors, The Who e, claro, os Rolling Stones.

Meu filho Pablo antecipou o presente de natal e mandou pelo correio “Sexo, Drogas e Rolling Stones”, o livro do jornalista José Emiliano Rondeau e do biólogo e historiador do rock Nelio Rodrigues que traz uma radiografia da “banda que se recusa a morrer”. Ainda não tive tempo de ler, mas já dei uma folheada e me deliciei com as fotos, com os relatos das várias passagens dos integrantes da banda pelo Brasil e sobre a produção do documentário “Shine a Light”, de Martin Scorcese.

Cartaz de Shine a LightCoincidentemente minha querida cunhada Monica, a irmã de Mara, nos mandou o filme que recentemente foi lançado em DVD. Fiquei inundado pelas pedras que rolam. Como documentário não é lá essa coisa toda, mas o show é show de bola!

O filme traz uma apresentação dos Stones no Beacon Theatre, em Nova York, gravado em 2006 durante a turnê “A Bigger Band”. A participação do bluesman Buddy Guy em “Champagne & Reefer”, um clássico de Muddy Waters, é antológica. Da gosto de ver a curtição dos três guitarristas (Buddy, Keith e Ron) no palco, tanto que ao final da música Keith Richards lhe dá de presente a guitarra que estava tocando. A surpresa para mim foi saber que a bela “As Tears Go By” ficou na gaveta por um tempo porque eles tinham vergonha dela.

Mas o que tudo isso tem a ver com Jeri? É que o Club Ventos, a melhor infra-estrutura para a tribo dos wind surfistas em Jeri (quiçá no mundo) – tipo um resort para os esportes aquáticos -, apresenta um filme as quartas e sábados depois do pôr-do-sol. Com o DVD embaixo do braço procurei Roberta, que cuida da programação, e ela topou passar o filme.

Pense numa coisa boa, a combinação perfeita: uma antenada platéia deitada em espreguiçadeiras ou na grama ao ar livre embaixo de um coqueiral, a lua de quarto crescente no céu, um telão e um som de respeito que vez por outra alguém aumentava um pouco mais. As duas horas do filme passaram rápido demais. Foi um ótimo programa para uma noite quente em Jeri, e ainda ganhei um beijo de agradecimento da Roberta…

Os Stones no Club Ventos - Foto © Hélio Viana

Anúncios
No comments yet

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: