Skip to content
Anúncios

O passeio do cisne – o retorno

quarta-feira, 15 abril, 2009 @ 12:07 am

A flâmula é colocada com o navio parado - Foto © Hélio VianaContinuando o passeio a bordo do Navio Veleiro Cisne Branco, ganhamos de lambuja um outro ritual de saudação. Agora ao Navio Polar Maximiano, recém construído na Alemanha e que estava chegando ao Rio para ser incorporado à Marinha Brasileira. Aqui o ritual foi diferente: depois de uma salva de 19 tiros de canhão do CIAW, as tripulações se cumprimentam em sentido e com apitos de continência. O Maximiano segue em outubro com o Ari Rongel, que será desmobilizado no futuro, numa missão na Antártida e o Cisne vai fazer uma serie de regatas de Tall Ships mundo afora (em Boston, nos Estados Unidos, e no Canadá, entre outras).

Na volta para a Base Naval prestei atenção em como é a operação do navio. Sempre tem um tripulante cuidando do comando do motor e do bow truster (uma espécie de hélice que movimenta a proa do navio para os lados) e os oficiais na ponte de comando, um banco alto atrás da roda de leme. No alto do pódium fica quem está no comando e três oficiais, um deles reponsável pela transmissão das ordens por radio a tripulação de proa, de meia nau e de popa. O timoneiro fica ligado na bússola e no indicador do ângulo do leme. Vez por outra veem informações da sala de navegação, que fica a vante da roda de leme.

O posto de comando - Foto © Hélio VianaCada ordem é repetida e confirmada. Por exemplo, o comandante fala para o operador do motor: maquina a 800 giros e bow a 15%, o operador repete a ordem e depois de executar avisa que estamos operando com maquina a 800 giros e bow a 15%. Vou adotar isto nas manobras no MaraCatu, assim não sobra margem para malentendidos.

A atracação foi um show à parte. Vem um rebocador da Marinha trazendo um pratico civil que fica ao lado do comandante e não faz muita coisa. A manobra é colocar o navio de lado, no fundo de um píer em forma de “U”. Na entrada, novamente apitos de saudação para cada navio já  atracado. O comandante, sabendo que a correnteza da maré vazante atua de forma obliqua ao navio, bota o A tripulacao de popa - Foto © Hélio Vianaproa num dos cantos do “U” e completa a manobra com um pouco de maquina à ré e muito bow truster. Manobra perfeita, o rebocador ficou com uma espia presa ao navio e só ajudou um pouco empurrando a popa.

Na saída, o comandante Flávio brincou comigo cobrando que não me viu subir no mastro da gata (o mais baixo a ré, que pensava em usar para fotografar de cima). Respondi que ficaria para quando fosse convidado para velejar e agradeci o passeio dizendo que me sentia como um menino recebendo um presente. Sim, uma criança, ou você nunca se sentiu como uma criança numa loja de doces?

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Manoella ALves permalink
    quarta-feira, 15 abril, 2009 @ 3:50 pm 3:50 pm

    Oi Hélio, o cisne é uma beleza né?
    o visitei qd ele passou por natal.
    Passando só p dizer q saiu na nautica minha errata sobre o comeu morreu..além do elogio ao blog 🙂

    Abraços
    ah: feriado de tiradentes vou a parati
    conhecer as marinas por lá. Imagino q seja lindo

    Curtir

    • quarta-feira, 15 abril, 2009 @ 9:18 pm 9:18 pm

      Manoella,

      O Cisne é dez. Vi a errata na Náutica e grato pelos elogios.
      É uma pena não estarmos em Bracuhy (vamos amanhã para o Rio), mas vale a pena dar uma esticada e conhecer também nossa marina. São só mais 70Km e vocês podem procurar o João do veleiro Yahgan (vizinho do MaraCatu no cais G) ou Webber do Acauã, no cais I, para um bate-papo.

      Bons ventos sempre,

      Curtir

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: