Skip to content
Anúncios

O Bicho Vermelho e o tsunami

sexta-feira, 2 outubro, 2009 @ 12:07 am

Bel e Bob no Bicho Vermelho Acabo de receber notícias de Bel e Bob, do veleiro Bicho Vermelho, direto do arquipélago de Vavau, no Reino de Tonga. O Bicho Vermelho estava ancorado em Fangakima (Port Maurelle), a 300 milhas de Samoa, onde ocorreu o epicentro do terremoto que originou o tsunami que atingiu algumas ilhas do Oceano Pacífico. As tripulações dos outros 5 barcos brasileiros que estavam na área foram avisadas a tempo e estão bem.

Atualizado às 00:46.

Um terremoto de magnitude 6,3 atingiu nesta sexta-feira (horário local) a costa noroeste da ilha de Tonga, na Oceania, três dias depois que outro forte tremor provocou um tsunami que matou quase 200 na região, sendo 9 deles na própria Tonga. O tremor ocorreu às 14h07 de sexta-feira no horário local (22h07 de quinta em Brasília), segundo o Centro de Pesquisas Geológicas dos EUA. O epicentro localizou-se a 10 km de profundidade, e a 85 km de distância de Hihifo, Tonga. Desta vez, não houve alerta de tsunami. Ainda não há informação sobre danos ou vítimas.

Fonte: G1

Abaixo tem o relato completo de Bel e Bob:

Reino de Tonga, 2 de outubro de 2009.

Queridos amigos,

Recebemos muitos emails e mensagens expressando preocupação conosco por causa do tsunami. Muito obrigado pelo carinho. Estamos bem e em segurança.

Este é o relato do que aconteceu:

Ancoramos em Fangakima (Port Maurelle), Vavau, Tonga, que é uma linda enseada para passar a noite, em 8 metros de profundidade. Conosco estavam o Saravá, com Marcelo e Mariana, e mais dez barcos. Noite calma e tranqüila. Quando acordamos, às 8:00h, ligamos o radio VHF no canal 16 para ouvirmos a previsão de tempo e participar da net dos velejadores. Escutamos o radio operador dar o alarme de tsunami, dizendo que atingiria o arquipélago de Vavau naquele momento. Olhando para fora, não vimos nenhuma alteração no mar. Voltamos para nosso café da manhã e um minuto depois os outros velejadores começaram a gritar tsunami, tsunami. Alem dos gritos ouvíamos o barulho das correntes das ancoras sendo recolhidas e o barulho do mar. Rapidinho ligamos o motor, tiramos a ancora e fomos para o meio da enseada cuja profundidade era acima de 50 metros. Aliás, todos saíram. Ouvíamos o barulho da água baixar no meio do coral na praia como se fosse um rio. A praia ficou enorme e os corais descobertos. No meio da baia em segurança, pudemos observar o subir e descer do nível do mar em pelo menos 2 metros.

Preocupados com os outros barcos brasileiros que estavam no caminho para Beverage Reef (um atol no meio do oceano Pacifico a 350 milhas de Tonga), Marcelo do Saravá pelo Iridium, conseguiu avisar o Mário do Pajé sobre o tsunami. Mario que estava a meia hora do reef imediatamente pelo VHF avisou o Canela e o Matajusi que já estavam ancorados dentro do reef e eles saíram para mar aberto. Todos estão bem, incluindo o Beduina que chegou depois.

Como pretendíamos voltar para Neiafu, a capital do arquipélago, mantivemos os planos e sempre de olho na variação de maré chegamos com segurança. Isto tudo durou mais ou menos duas horas. Depois ficamos monitorando os acontecimentos via internet e radio.

Passado o sufoco, caímos na real. Ainda estamos assustados com a gravidade do que poderia ter acontecido. Tivemos muita sorte. O arquipélago de Vavau fica a 300 milhas de Samoa, onde ocorreu o terremoto que originou o tsunami. Ou seja, é o grupo de ilhas mais próximo a Samoa e é conhecido como o melhor hurricane hole do Pacifico. É todo circundado por barreira de coral, as ilhas são altas e a única entrada segura é pelo oeste. O tsunami veio de norte. Por isso só sentimos uma forte e rápida variação de maré, mas não as ondas. No norte das ilhas pessoas morreram. Fora isso, alguns barcos encalharam nos corais, mas sem nenhuma perda.

Ficaremos por aqui esperando a boa época para cruzarmos para a Nova Zelândia onde passaremos a estação dos furacões. Mas antes disso ainda temos que mandar para vocês os relatos do Tahiti e das Ilhas da Sociedade.

Um beijo, saudades, e obrigado pelo carinho.

Bob di Bel e Bel di Bob.

Anúncios
8 Comentários leave one →
  1. sexta-feira, 2 outubro, 2009 @ 1:16 pm 1:16 pm

    São muito bons e uteis estes relatos. Que o sufoco para quem o vive, tenha utilidade para quem o pode vir a viver. O que eu sabia é que um tsunami no alto mar é apenas mais uma onda como as outras “apenas” com uma energia acumulada MUITO maior e que ao chegar a pouca profundidade ganha força destruidora.

    Curtir

  2. sexta-feira, 2 outubro, 2009 @ 4:06 pm 4:06 pm

    Legal saber que voces estão na boa!

    Blu

    Curtir

  3. Valmir e Mariana permalink
    sexta-feira, 2 outubro, 2009 @ 6:35 pm 6:35 pm

    Bob e Bel,

    Fico muito feliz em saber que vocês estão bem. Por favor mande um abraço quando puder também para o Beduína e diga que se cuidem junto com todos vocês.
    Valmir e Mariana do RADUM

    Curtir

  4. sábado, 3 outubro, 2009 @ 1:24 pm 1:24 pm

    Ficamos muito felizes que todos estejam bem.A união que voces tiveram que salvaram a todos ,esse é o espirito que deve nos guiar não só nja vela mas na vida.
    Parabéns e felicidades a todos,

    Miguel e Clarisse do veleiro Mar de Orion

    Curtir

  5. sábado, 3 outubro, 2009 @ 9:23 pm 9:23 pm

    Esperamos que todos estejam muito bem.
    Somos muito amigos da família “Beduína”… Hugo, Gyslaine e Talita e nós estamos morrendo de saudades e torcendo para que também estejam bem.
    Mande lembranças para eles e continuem sempre com essa harmonia entre vocês e todos os velejadores que pairam pelo mundo afora.
    Cleber Rennó, Márcia Rennó e Paulinha Rennó

    Curtir

  6. quarta-feira, 7 outubro, 2009 @ 5:12 pm 5:12 pm

    Conde,

    Vou tentar publicar mais relatos de Bel e Bob. Tiranado os percalços, eles estão fazendo um cruzeiro maravilhoso pelo Pacífico.

    Ricardo,

    Bem vindo a bordo.

    Realmente foi um alivio saber que os Bichos Vermelhos estão bem.

    Volte sempre e que tal colaborar com um artigo com dicas de regata para os cruzeiristas (você sabe, barco pesado com centenas de tralhas e geladeira cheia de cerveja…)?

    Valmir e Mariana,

    O recado tá dado, avisei a Bel dos comentários aqui. Ela ficou de responder.
    Quando vai diminuir o ritmo de trabalho e botar o Radum pra passear? Quer ser o morto mais rico do cemitério é?

    Miguel e Clarisse,

    Bem vindos a bordo.

    Pelo que entendi no blog do Mar de Orion, o antigo Mar sem fim, vocês estão por Angra. Legal, que tal nos fazer uma visita em Bracuhy? Será um prazer conhecê-los.

    Cleber, Márcia e Paulinha,

    Que pena que Hugo, Gyslaine e Talita não tenham tempo de atualizar o blog do Beduína e só ficamos sabendo deles pelo Bicho Vermelho. Vamos mandar e-mail pedindo relatos e fotos? Já mandei um, façam o mesmo aqui . Boas ondas.

    E para todos, bons ventos sempre.

    Curtir

  7. Marcia e Jean permalink
    sexta-feira, 8 junho, 2012 @ 5:05 am 5:05 am

    hei Bel et Boby kd vcs hem!!! abandonaram o Bicho e ?????
    Somos teus vizinhos ate segunda feira se precisarem de algo estaremos a disposicao ok!! nao vao demora muito hem!!! o bicho ta preto….. mais um pouco o bocho fica negro kkkkk
    Bjs de Danga Bay / malasia

    Curtir

Trackbacks

  1. Twitter Trackbacks for O Bicho Vermelho e o tsunami « MaraCatu Weblog [maracatublog.wordpress.com] on Topsy.com

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: