Skip to content
Anúncios

Uma jóia clássica

terça-feira, 15 dezembro, 2009 @ 10:35 pm

Que barco é esse?

Essa jóia clássica de 48 pés (14,6m) é um projeto dos anos 50 do escritório Sparkman & Stephens, autor de vários projetos vencedores da American´s Cup. Tem 14 toneladas, foi todo construído em madeira cabriuva e cedro, é armado em iole (com 2 mastros de Spruce – um pinho canadense usado no passado na construção aeronáutica -, sendo o menor, a mezena, localizado atrás do leme) e veleja com um garbo digno da atriz Greta Garbo.

Ganha um sacolé de cereja quem disser que barco é esse, quem foi o construtor e o nome do atual proprietário.

Deixe seu pitaco na caixa de comentários e se não sabe, um sacolé é um picolé, feito de modo bastante artesanal, preparado dentro de pequenos sacos plásticos.

Anúncios
10 Comentários leave one →
  1. quarta-feira, 16 dezembro, 2009 @ 1:07 am 1:07 am

    nao sei as respostas mas esse barco e um sonho!!!!
    muito lindo!!!! quem sabe o proximo dono nao sou eu!!!
    hehehehehe
    se puder bota mais fotos desta raridade

    abraço e bons ventos
    marcelo passosss

    obs: helio me manda seu email p eu escrever p vc a historia do naufragio se vc achar q da p publicar fica a vontade
    passosdosurf@hotmail.com

    Curtir

    • sexta-feira, 15 janeiro, 2010 @ 4:04 pm 4:04 pm

      Marcelo,

      Faz tempo que mandei o e-mail, cadê o relato do naufrágio? Vou mandar novamente.

      Bons ventos sempre,

      Curtir

  2. Ivan permalink
    quarta-feira, 16 dezembro, 2009 @ 10:08 am 10:08 am

    Caro Hélio,

    Se não me engano esse aí é o bravo “AVENTURA” de nosso amigo, o comandante gaudério Chicão.
    Se não for o próprio deve ser um irmão gêmeo. Minha dúvida é que vi uma foto do AVENTURA com um numeral BL 66, enquanto o que está no seu post tem o numeral BL 77 .
    Um abraço,
    Ivan

    Curtir

  3. Roberto Gruner permalink
    quarta-feira, 16 dezembro, 2009 @ 11:34 am 11:34 am

    Pessoal, é o Aventura fabricado em Porto Alegre entre os anos de 1955 e 1957 no estaleiro do Roberto Funck. Seu primeiro proprietário foi o Breno Caldas e o atual feliz comandante é o José Guilherme Bastiani, mais conhecido por Chicão. Bons ventos a todos!

    Curtir

  4. quarta-feira, 16 dezembro, 2009 @ 7:12 pm 7:12 pm

    O veleiro onde eu mais navego é identico a esse ai mas mais pequeno. Não anda com pouco vento, mas é valorizado por todos os que da margem admiram o seu navegar. Deste aqui, mostrado no post, só não gosto daquela vela que sai do mastro da mezena para vante e parece-me que será de fraca eficácia, tendo em atenção o seu posicionamento, á sombra da vela grande.

    Curtir

    • Roberto Geyer permalink
      quinta-feira, 24 dezembro, 2009 @ 6:54 pm 6:54 pm

      Por incrível que pareça, esta vela que uns chamam de “entre mastros” e outros de “Stay de Mezena”, é muito eficaz no través, aumentando a velocidade de 0,5 a 1 nó.

      Curtir

  5. quinta-feira, 17 dezembro, 2009 @ 10:39 am 10:39 am

    Pessoal,

    O Aventura do Chicão tem 37′ o projeto é S&S e o construtor o mesmo do veleiro da foto que é o Cairu III ambos foram construídos pelo engenheiro naval alemão Roberto Funk. O Cairu III foi lançado ao mar em 1960 e pertence a família Geyer até hoje.
    Abraços
    Fernando Maciel
    Veleiro Planeta Água

    Curtir

  6. quinta-feira, 17 dezembro, 2009 @ 6:54 pm 6:54 pm

    É o Cairu III, do Roberto.

    Não vale pois eu estava la.

    Enio

    Curtir

  7. guilherme escalhão permalink
    sexta-feira, 25 dezembro, 2009 @ 12:19 pm 12:19 pm

    É o Cairu III, do Robeto Geyer, baseado no ICRJ. Tem como tripulantes frequentes o meu grande amigo Paulão e o Guilherme Stoffel. Corre todas as regatas de percurso do circuito nacional e ouço falar que a comida a bordo é muito boa. Essa foto deve ter sido tirada em Búzios, na última regata de Clássicos.
    Abs, Guiherme, Hiva Oa 2

    Curtir

  8. sexta-feira, 15 janeiro, 2010 @ 4:30 pm 4:30 pm

    Ivan,

    Passou perto. Como pode ser o Aventura se o numeral não confere?

    Gruner,

    Corretíssimo, só que não é o Aventura.

    Conde,

    O Roberto Geyer já te respondeu. Nada como o proprietário do barco, a quem agradeço, para esclarecer suas duvidas.

    Fernando,

    Corretíssimo, parabéns. Como você foi o primeiro a responder, seu sacolé de cereja está guardado. Não demore muito a aparecer em Bracuhy senão ele derrete.

    Enio,

    Obrigado por participar do quiz. Que bom que você esperou até Fernando responder, já que você estava lá.

    Guilherme,

    Você também acaba de ganhar um sacolé: a foto foi na 4ª Regata Richards de Veleiros Clássicos, em Búzios, e, principalmente, pela informação da boa comida a bordo (vou fazer questão de experimentar quando encontrar o Geyer).

    A todos os participantes, bons ventos sempre

    Curtir

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: