Skip to content
Anúncios

O mar na Globo

domingo, 11 abril, 2010 @ 1:20 am

Equipe  do Globo Mar em Angra

O programa Globo Mar, que estreou na ultima quita-feira (8), começou bem. Pelo menos a abertura, com Mariana Ferrão, ex-apresentadora do Jornal da Band, e Ernesto Paglia nas paradisíacas Ilhas Botinas, em Angra dos Reis, perguntando ao telespectador “vai dizer que você nunca se imaginou numa ilha deserta?”, foi de dar vontade de ir pro mar.

Bem produzido, acho que é em HD, o programa contou com dois consultores: Yuri Sanada, especialista em expedição marítima, e Marcelo Vianna, doutor em biologia marinha. O tema do primeiro episódio do Globo Mar, que vai mudar a cada semana, foi a pesca do atum. Logo de cara, ainda na Marina da Glória, Paglia anuncia um dos mistérios do mar: como fazer o atum entrar na latinha.

O Skipper II rumo à Bacia de CamposA equipe de 8 neófitos nas coisas do mar embarcou no trawler Tamarind (de 107 pés) e seguiu durante uma semana o atuneiro Skipper II (de 85 pés), do experiente Mestre Pedro. Os barcos saíram barra afora da Baía de Guanabara e navegaram 145 milhas (268 km), em 20 horas, até o pesqueiro na Bacia de Campos.

No meio do caminho, com os barcos navegando, uma pausa para entrevistar, no Tamarind, o bem articulado Mestre Pedro, que foi logo avisando que “pesca é uma caçada, se fosse encontro marcado com o peixe todo mundo ia querer ser pescador”, e uma visita da equipe global ao Skipper II, quando Paglia levou para os pescadores um monte de atum enlatado – sem rótulo, não houve merchand (levou também várias picanhas que fizeram bem mais sucesso).

A pesca do atum O legal do programa, que bateu os 15 pontos, foi o bom humor (a turma experimentando sashimi foi hilário) e, além de documentar a pesca em si, a labuta dos pescadores, mostrou também e o dia-a-dia da equipe. Repórter, cinegrafista e operador de som chegaram a jantar e dormir no Skipper II (houve, talvez, muita comida em tão pouco tempo de programa).

Outro ponto alto foi a trilha sonora. Logo na abertura escutamos Broken Arrow, de Hans Zimmer, do filme Pânico 2. Depois teve o Réquiem de Mozart na matança dos atuns. Boas sacadas, né não?

Se você perdeu o 1º Globo Mar por conta do horário, é tarde pra chuchu , antes do Jornal da Globo, pode assistir em partes no YouTube.

Anúncios
6 Comentários leave one →
  1. Paulo Pedreira permalink
    terça-feira, 13 abril, 2010 @ 2:22 pm 2:22 pm

    Tendo como pano de fundo a jornalista Mariana Ferrão, nítidamente para aumentar o ibobe, o programa me pareceu mais um emlatado que os próprios atuns. Extremamente superficial. Perdi o meu tempo.

    Curtir

  2. Cecilia permalink
    terça-feira, 13 abril, 2010 @ 11:31 pm 11:31 pm

    Hélio,

    Quem quiser ver de perto esse barco maravilhoso é só vir até o Bracuhy – está fundeado bem na minha vista e é nesse momento o meu vizinho de frente.
    Parabéns pela matéria escrita bem no laço.
    Beijos

    Curtir

  3. quarta-feira, 14 abril, 2010 @ 3:34 pm 3:34 pm

    Muito bom este programa! Tem um bom tempo que não vejo boas produções da Rede Globo. Que hoje só se preocupa com BBBs, novelas irritantes e notícias sensacionalistas!!!!
    Parabéns a equipe!
    Guto.

    Curtir

  4. William Campos permalink
    sábado, 8 maio, 2010 @ 6:29 pm 6:29 pm

    Obrigado a Globo por “GLOBO MAR” !!
    A Globo estava demorando muito a ter um programa voltado para o MAR.
    Eu não perco um programa da GLOBO MAR,os reporteres são ótimos. A Globo demora mas faz a coisa certa, bem feita com qualidade. No Brasil todo, existem muitos pescadores(mentirosos), profissionais e amadores. Vou sugerir a Globo que grave também programas voltados a pesca Oceânica, Costão praia etc,,, seria muito legal e com certeza abocanharia uma fatia grande de IBOPE.
    Valeu Globo !!!! parabéns ótima sacada.

    Curtir

  5. sábado, 31 julho, 2010 @ 1:02 am 1:02 am

    Paulo,

    A Mariana deve mesmo ter aumentado o Ibope para os telespectadores masculinos. Eu nunca a tinha visto e gostei da estampa.
    Não dá pra ser muito profundo em um só programa, mas tens rasão venderam o peixe de pesca ecológica e não falaram nas sardinhas usadas como isca.
    No geral é um bom programa, vi outros e continuo gostando.

    Ciça,

    Também vi o Tamarind ancorado perto do canal de Bracuhy. É um barcão.

    Guto,

    Você esqueceu das miniséries, algumas até depois viram filmes.

    William,

    Esse é o grande lance: um programa inteirinho voltado para o mar! Sempre passava alguma coisa no Globo Repórter (Francisco José nos Abrolhos, em Noronha ou em Rocas), aí sim, superficial. Agora é diferente.

    Grato pelos comentários, bons ventos a todos e vida longa ao Globo Mar.

    Curtir

  6. Paulo Duarte permalink
    sexta-feira, 13 maio, 2011 @ 2:02 pm 2:02 pm

    Gostaria de saber o nome da música e da banda ou cantor que fez parte da trilha sonora do Globo Mar exibido em 28.04.2011. Trata-se de uma música funkeada, um batidão. Se não souberem e puderem informar-me a relação das musicas da trilha, agradeço.

    Um grande abraço.

    Curtir

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: