Skip to content
Anúncios

Nem tanto ao mar, nem tanto à terra

segunda-feira, 24 maio, 2010 @ 12:07 am

CasaBarco

Pense numa casa exótica, para dizer o mínimo, na charmosa ilha caribenha de Terre-de-Haut no arquipélago de Les Saintes. Pronuncia-se “lê santê” e as ilhas fazem parte de Guadalupe, um dos territórios franceses de ultramar (outremer).

O proprietário deve ser ex-comandante de navio, ou então o arquiteto. Ou ambos, né não?

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. segunda-feira, 24 maio, 2010 @ 12:14 pm 12:14 pm

    Sou apaixonado pelo mundo náutico. Mas não sei se faria uma arte dessas!?!?
    É muito “exótico” para uma boa idéia!!!! rsrs sr sr rs
    Mas vale os parabéns do proprietário pela criatividade!!!!
    grande abraço
    Guto
    veleiro Tupinambá

    Curtir

  2. Heinz Borger permalink
    segunda-feira, 24 maio, 2010 @ 7:05 pm 7:05 pm

    Conheci uma casa semelhante aqui no Rio, pertencente ao Sr Armindo da Fonseca, na Rua Baronesa, junto à Praça Seca – Jacarepagua.
    Era famosa por suas danças de quadrilha, durante as festas juninas, participando de concursos, comuns naqueles tempos.
    Heinz – veleiro AIEV II

    Curtir

  3. Fred permalink
    terça-feira, 25 maio, 2010 @ 7:47 am 7:47 am

    Papai, é que o cara já está preparado para quando o furacão chegar. Pode vir onda e vento que não vai ter problema.

    Curtir

  4. torpedinho permalink
    quinta-feira, 27 maio, 2010 @ 6:31 pm 6:31 pm

    heli,o na parte de tras da casa funciona um consultório medico, o qual estive lá em março deste ano quando machuquei a mão .;
    e por mais interessante que lhe pareça, o medico e velejador tem barquinho verde que fica na poita bem a frente e se chama dr. Cullion

    Curtir

  5. sexta-feira, 28 maio, 2010 @ 11:30 pm 11:30 pm

    Oi Hélio,
    Estivemos em abril em Les Saints, e, como vocês, logo de cara vimos o barco-casa, que depois soubemos ser uma clínica médica. Queria apenas acrescentar que Les Saints é um arquipélago lindo, que vale muito a pena visitar. Fizemos caminhada pelos morros, vimos cabras, iguanas, pelicanos, sem falar da charmosa vila e dos mergulhos, claro. Fundo de corais, peixes coloridos. Gostamos em especial da ancoragem na pequena praia ao lado do morro do Pão de Açúcar.
    Beijos,
    Sandra, veleiro Santa Paz

    Curtir

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: