Skip to content
Anúncios

Feijoada Carioca

quarta-feira, 16 março, 2011 @ 12:54 am

FeijoadaCarioca

Este post é dedicado a Lourdes, que faz aniversário hoje.  O tradicional almoço das quartas-feiras no BowTeco vai ser… feijoada! Tudibom Lourdes, muitas felicidades.

Certa vez uma amiga me falou que sou feijão positivo. Hilda, que apelidei de “Furacão”, tinha razão. Adoro o prato que é preferência nacional.

Reza a lenda que o acepipe foi um legado dos negros escravos africanos. Como os portugueses evitavam as partes menos nobres do porco – orelhas, rabo ou pés -, isso servia para reforçar a alimentação dos escravos que labutavam nos canaviais nordestinos. A sacada deles foi cozinhar tudo junto com o feijão e acrescentar pimenta e a farinha de mandioca, a base da alimentação dos índios tupi-guarani. Das senzalas para as casas grandes dos senhores de engenho, foi um pulo. Pra nossa sorte.

Como bom nordestino, gosto mais da feijoada de feijão-mulatinho. Na Bahia, quando é usado o feijão preto na receita, o acepipe é denominado feijoada carioca. Como a que fiz, na foto acima: com fatias de paio e linguiça tipo calabresa, pedacinhos de carne, bacon, alho, folha de louro e realçador de sabor glutamato monossódico. Uma refeição rápida e deliciosa, se bem que de difícil digestão.

A feijoada é um prato tipicamente brasileiro, é o símbolo da culinária nacional. Porém, e sempre tem um porém, não é todo brasileiro que sabe fazer. Então clica aí para a minha receita de feijoada carioca.

FeijoadaFuginiLembra-se do Pão Delícia da Catarina? Pois minha receita é simples como a dela.

É assim:

  • Remova parcialmente a tampa protetora da bandeja
  • Leve-a ao microondas por 3 minutos (potência média-alta)
  • Consumir em seguida
  • Serve uma porção de 400g

Dicas importantes: como existem diferenças de potencia entre os vários microondas, ajuste o tempo e a temperatura ao fazer a receita pela primeira vez. Cuidado ao retirar o produto do microondas. Use luvas e apoio adequado.

Ah sim. Minha feijoada não necessita refrigeração, é envasada e cosida sob vácuo sem adição de conservantes e para o preparo em forno convencional, basta retirar da embalagem original e esquentar em banho-maria por 10 minutos.

Bon appetit!

Anúncios
No comments yet

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: