Skip to content
Anúncios

Chá de civilização

terça-feira, 29 março, 2011 @ 10:43 pm

Estamos no Rio desde domingo. Minha cunhadinha Mônica passou o fim de semana conosco em Bracuhy e nos deu uma carona. Vim tomar um chá de civilização e comecei bem: fui ver U2 3D. Parece nome de robô de filme de ficção científica, mas é um show da banda irlandesa U2 filmado com a tecnologia 3D.

Dirigido por Mark Pellington e Catherine Owens, com colaboração da National Geographic, U2 3D foi gravado durante a passagem da banda de Bono Vox pela América Latina em 2006 no fim da turnê Vertigo. O filme inclui cenas gravadas em São Paulo e em Buenos Aires, quando mais de 80 mil pessoas entraram em delírio no estádio do River Plate.

O filme é show, ou melhor, é um filme show. Na primeira musica, Vertigo, o baixo de Adam Clayton saltou de cena e quase bateu no meu queixo. Numa imagem com uma câmera dependurada por fios em cima da platéia, dava gosto de ver um mar de mãos balançando juntas como umas ondas e depois, com os pulos de todos, como um mar virado. São 14 músicas no repertório, incluindo os hits Sunday Bloody Sunday, Beatiful Day, Pride (In the Name of Love) e One. Os apressadinhos, que não ficaram pra ler as letrinhas no fim – a ficha técnica –, perderam essa: a impronunciável Yahweh.

Tudo é hiper: impressiona os hipertelões (muita gente na platéia assiste o show de costas) e os superefeitos (varias vezes quase dá pra tocar na mão de Bono). E o som 5.1, super surround com um caralhilhão de canais, dá uma sensação muito mais emocionante do que ver um DVD no home teather do MaraCatu (com sua tela de estonteantes 7 polegadas!). Curti muito os solos de guitarra de The Edge, só não deu pra pagar o mico de cantar a plenos pulmões o refrão das músicas que mais gosto (as que citei acima), muito menos acender o isqueiro ou ligar o visor do celular durante o escurinho de With or Without You, que eles tocam no bis sem nenhuma luz iluminando o megapalco. Emocionante.

Sabe que gostei muito? Assisti a um show completo do U2 por 30 reais (um pouco mais caro que um ingresso de um filme “normal”), a sensação é de estar vendo a banda ao vivo, no conforto de uma poltrona reclinável e do ar condicionado, sem me espremer numa multidão ensandecida de 80 mil fãs e com a facilidade de comprar umas Heinekens geladas sem enfrentar uma fila interminável. Acho que to ficando velho, um filme melhor que um show real?

U2 3D já saiu de cartaz, mas vale lembrar que a banda faz três shows em São Paulo, no Estádio do Morumbi, nos dias 9, 10 e 13 de abril. Como diz o reclame do sutiã, o primeiro filme em 3D a gente nunca esquece. E acrescento: eu quero é mais, agora to louco pra ver Avatar e Alice no País das Maravilhas.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. quarta-feira, 30 março, 2011 @ 11:54 am 11:54 am

    Se tiveres oportunidade de assistir em 3d o filme Santuario não perde pois e incrivel. Se passa numa caverna em Papua Nova Guiné.

    Curtir

    • sábado, 2 abril, 2011 @ 6:31 pm 6:31 pm

      Ok Antonio, está anotada a dica.
      Bons filmes, em 3D ou não, e bons vetos sempre

      Curtir

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: