Skip to content
Anúncios

Fraternidade – Do Sudão à Suez

sexta-feira, 6 maio, 2011 @ 9:12 am

FraternidadeHurghada

Direto de bordo do veleiro-escola Fraternidade, que está amarradinho ao píer do Yacht & Rowing Club Port Tawfik, segue o relato do meu comandante Aleixo Belov do trecho do Sudão à Suez, no Egito. Boa leitura.

Finalmente, depois de tanto sonhar com este dia, parece que ele chegou. O dia em que estaria livre dos Piratas da Somália desde a Índia, do milhão de arrecifes pela beirada e do interminável numero de navios que cruzam o Mar Vermelho pelo centro ou por onde têm águas profundas, de tantas plataformas de petróleo em nosso caminho, algumas abandonadas e até mesmo apagadas e da falta ou do excesso de vento desta região meio conturbada. Quando atravessei o Mar Vermelho pela primeira vez, há 24 anos e em solitário, jurei não voltar aqui nunca mais. Acabo de chegar em Suez e daqui a dois dias vou atravessar o Canal de Suez, com um piloto a bordo e vou desaguar de repente no Mar Mediterrâneo, nada mais que na Europa. Então vou subir, navegando entre a Turquia e a Grécia, passando por onde aconteceu a heróica Guerra de Troia, entrar pelo Mar de Mármara para chegar em Istambul, o Portal do Oriente, e finalmente seguir pelo Mar Negro até Odessa, na Ucrânia, para chegar velejando ao lugar onde nasci. Se conseguir, parece que isto fecharia a mandala da minha vida, daria um acabamento final nesta idéia que me persegue há tanto tempo. Em seguida, voltaria ao Brasil, e o que acontecesse daí em diante seria lucro. A missão estaria cumprida.

Toda esta dificuldade, todo este stress desde a Índia até Suez, mudou de certa forma o foco da minha vida, mas não me queixo. Lá no fundo da minha alma só eu sei, que era exatamente isto mesmo que eu estava procurando. Eu me meto nestes apertados, procurando uma razão para viver, senão viver fica sem sentido. Caso contrário, teria seguido de Bali pelo Índico Sul para Cape Town, como já fiz tantas vezes, e hoje já estaria de volta ao Brasil, já estaria em casa.

EgitoNiloFoi difícil, mas foi bonito. Swakin, com seus nativos vestido de batinas brancas, suas mulheres com vestidos coloridos cobrindo às vezes até mesmo o rosto, a água transportada e distribuída em carroças puxadas por jumento, um povo vivendo no deserto, criando ovelhas, cabras e camelos, alguns vivendo em tendas no meio do nada, mostrava ser possível algo que minha cabeça não entende, que nenhum livro de economia explica, que parece ser totalmente impossível, mas que existe e é a pura realidade. O povo do Sudão é tão afetivo, que se derrete se você os abraça, sorriem, uns não se deixam fotografar, enquanto outros lhe adulam para que fotografe. Um chá forte e muito gostoso, um café moído em pilão na hora, é ainda melhor, o café arábico. Como eu gostei deles, que ainda hoje sinto sua falta. A África do lado do Mar Vermelho, é completamente diferente da África do lado do Atlântico. Nem parece o mesmo continente.

EgitoBurkaDo Sudão segui para o Egito, já com mais 3 novos tripulantes. Mara e Hélio, comandantes do veleiro MaraCatu e Hermann, mecânico, um novo aluno. Fiquei em Port Galib e Hurghada, cidades turísticas com mais de mil barcos que levam turistas de todo o mundo para ver os corais e peixes em suas águas cristalinas, vãs que os levam para Luxor para ver os templos dos faraós, para ver o deserto, os beduínos em suas tendas, para ver o Rio Nilo e até mesmo nos levaram para navegar um pouco em suas águas em barco regional e a vela. Tem gente que passa até uma semana perambulando pelo Nilo num barco destes, e volta contando maravilhas.

Agora que estou em Suez, vou ao Cairo amanhã, vou ver mais uma vez as pirâmides, os museus e volto para atravessar o canal. Vamos em frente, enquanto o tempo passa. Fluindo como o Nilo, vou desaguar no Mediterrâneo.

Clique aqui para a série de posts sobre Aleixo e o veleiro-escola Fraternidade.

Anúncios
10 Comentários leave one →
  1. Rodrigo permalink
    sexta-feira, 6 maio, 2011 @ 10:41 am 10:41 am

    Já estava sentido falta das narrativas de Aleixo Belov. Ao ler essa agora, vcs não sabem quão fascinante foi para mim a conscidencia dos fatos atuais e a leitura que estou fazendo do livro “A viagem” de Tania Aebi. Estou no capitulo onde ela narra o encontro que teve com Aleixo e seu Tres Marias nas aguas do Mar Vermelho e entre outros fatos da peripecias dos dois o que me chamou a atenção ,e achei bem engraçado tbm, foi a parte em que ela conta que Aleixo tirou uma maquina fotografica e comecou a disparar em direção a uma multidão que estava a espera da chegada de seu Presidente Sudanes, o pessoal de lá não gosta muito de fotos e ela conta que ficou com medo dos caras com cara de mal com suas espadas de um metro e tal na cintura… e Aleixo mostrando um folha de papel com a autorização para tirar as fotos, mas o que ela via mesmo era um povo avesso as fotografias… e segue contando mais sobre a travessia… essa mesmo que Aleixo cita acima… e que Helio narra aqui no blog com um olhar quase identico ao de Tania a 24 anos atraz… fica ai a dica de um bom livro… se alguem quiser compartilhar, ja estou terminando… abraço e bons ventos a todos no Fraternidade.

    Ah. -Aleixo, Tania diz no livro que vc deu uma flertada com ela e que ela ficou sabendo que vc espalhará que foi ela que deu uma flertada em vc… afinal, quem de um um xaveco em quem… :)rsrsrs.

    Curtir

  2. sexta-feira, 6 maio, 2011 @ 10:57 am 10:57 am

    Caros Amigos,

    Transmita ao comandante meus cumprimentos.
    Sòmente alguém com uma alma muito boa poderia narrar esses momentos como se fosse uma pintura de um mundo mais do que real e que vive sempre em nossos sonhos.
    Continuo viajando com vocês.

    Abraços e muito sucesso em novas velejadas.

    Hugo Nunes

    Curtir

  3. sexta-feira, 6 maio, 2011 @ 11:32 am 11:32 am

    Nossa Hélio!!!…. minha esposa e eu temos como meta conhecer o mundo velejando, e sabemos que o universo está conspirando a nosso favor.
    É lendo relatos como este do Aleixo, e os seus, que reforçam nossas convicções de onde iremos encontrar também o nosso sentido da vida. Ou a recompensa!
    Bons Ventos *(\_

    Curtir

  4. diariodoavoante permalink
    sexta-feira, 6 maio, 2011 @ 4:08 pm 4:08 pm

    Poucas vezes tive a oportunidade de conversar com Belov, mas nas poucas vezes em que tivemos contato, vi que estava diante de um homem determinado. Essa narrativa cheia de saudosismo e focada num futuro ditado apenas pela alma inquieta de um homem aventureiro, enche a gente de entusiasmo, alegria e vontade de seguir sempre velejando. No fundo do meu coração senti uma certa inquietação na alma do Avoante. Um grande abraço Comandante Belov e um grande abraço ao casal Maracatu.

    Curtir

  5. sexta-feira, 6 maio, 2011 @ 11:38 pm 11:38 pm

    É muito bom acompanhar o blog do Maracatu!
    A cada novo post agente fica encantado com os lugares, as pessoas e a forma como voces descrevem tudo isso, nos fazendo viajar juntos nas suas aventuras.
    Um grande abraço a toda a tripulação do Fraternidade e bons ventos os acompanhem!

    Curtir

  6. |Mauricio Aurnheimer Martins permalink
    sábado, 7 maio, 2011 @ 7:19 pm 7:19 pm

    Alô alô Meu caro Hélio. Estou muito feliz com os textos todos e os comentários dos internautas, apenas gostaria de provocar o caro capitão, até por que com todas as credencias de jornalista juramentado poderia se soltar mais. Tudo bem que a experiência com os novatos pode não ter sido lá essas coisas mas abstraindo isso, por todo esse povo cheio de expectativa pra ler notícias e notícias, convenhamos, por que ficar fazendo … doce? Aí meu caro Hélio, provaca aí o cara, diz que ele escreve bem … e pra deixar de churumelas e mandar ve … Olha aí Capitão, sem grilo, escreve tranquilo suas observações, tamos aqui pra conferir …e agradecer, ok! cê tá contente que tá atingindo seus objetivos sem os transtornos aí dos piratas, então como gratidão a esse tal de “Deus” que nem sabemos se tu és adepto, manda aí uns textinhos, falei (lamos?). Sem mágoa, tá legal, ?! Um abraço. Mauricio Martins.

    Curtir

  7. ADRIANA BACELAR SCHETTINI permalink
    domingo, 8 maio, 2011 @ 12:28 pm 12:28 pm

    OI, HJ DEVE SER DIA DE FESTA AI, ABRAÇOS PARA TODOS UNS MAIS APERTADOS PARA AS MAES!!!! . ALEX FOI BUSCAR SUA AVO E ESTAM TODOS REUNIDOS NA CASA DE TINA ,EU FIQUEI DE PASSAR LA , MAIS ONTEM AO SAIR PARA O SHOPPING, TIRANDO O CARRO DA LADEIRINHA PASSEI EM CIMA DO PÉ DE UM SOMBREIRO (DETALHE: O PÉ ERA DE CONCRETO E TINHA UMA PONTA PARA CIMA, E JA ESTAVA DEBAIXO DO CARRO) ARRANCOU PARTE DO PARACHOQUE TRAZEIRO, ESTOU SEM PODER SAIR , JA MANDEI PARA O CONSERTO MAIS A DATA NAO AJUDA, QUERIA IR NA CASA DE TINA ,NA OFICINA AMANHA, MAIS NAO SEI QDO VAI FICAR PRONTO. VAMOS ALMOÇAR NA CASA DE SIMONE, MAIS MEU PAI NAO QUER IR,EU VOU,E DEPOIS VOU CORRER ATRAZ DE ALEMAO, PARA VER SE ELE ARRUMA O CARRO, E AINDA VAI TER DE PINTAR.COMO FAZ SEU PAI …

    SEM MAIS PARA O MOMENTO
    SUBESCREVEMO-NOS
    ATENCOISAMENTE
    ADRIANA
    PS:HJ VOU DEIXAR PASSAR… MAIS TA POR UM TRIZZZZZZZZ
    SEGURI-SE MARINHEIRO…

    Curtir

  8. ADRIANA BACELAR SCHETTINI permalink
    quinta-feira, 12 maio, 2011 @ 12:12 am 12:12 am

    OIIII PARA TODA A TRIPULAÇAO, ESTOU MAIS ANCIOSA A CADA DIA Q PASSA, SE EU ESTIVER CERTA O SEU TURNO JA COMEÇOU HA UMA HORA E VAI ATE AS OITO DA MANHÃ, E VC O FAZ JUNTO COM MARA. EU VOU DORMIR AGORA AO MENOS PRETENDO, NAO TEM SIDO NADA FACIL DORMIR, MUDOU O HORARIO DOS REMEDIOS E EU AINDA NAO ME ACOSTUMEI, HJ EU NAO TO BEM VOU FICAR POR AQUI, ABRAÇOS A TODOS , A MINHA CABEÇA É UMA CONFUSAO SÓ. E ISSO ME CONSOME TENTO NAO PENSAR MAIS N DÁ. BJS…
    ADRIANA.

    Curtir

  9. quinta-feira, 12 maio, 2011 @ 10:12 pm 10:12 pm

    Helio, o Nelson,a Lucia,a Ro e eu estavamos rindo muito hoje do teu castigo e comentando que tu deves estar “fininho” só tomando chá. A Lucia disse que queria estar ai pra ver hehehe…
    Um abração a todos do Fraternidade!

    Curtir

  10. ADRIANA BACELAR SCHETTINI permalink
    sexta-feira, 13 maio, 2011 @ 11:52 pm 11:52 pm

    OLÁ AOS NAVEGANTES, QUERIDO HERMANN COMO ESTA DEMORANDO A COMUNICAÇAO, VISITO O BLOG MAIS DE TRES X AO DIA , PARA VER SE TEM ALGUMA ATUALIZAÇAO,PENSEI Q SERIA MAIS RAPIDO, A NOSSA FAMILIA (BRINKER/SCHETTINI) ESTAM SAUDOSOS E ANCIOSOS POR SUA CHEGADA, EU NEM SE FALA, E TEM MAIS, ZUCCA JA TE ESQUECEU….
    BJS… ADRIANA.

    Curtir

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: