Skip to content
Anúncios

Bye Bye Vail

segunda-feira, 14 fevereiro, 2011 @ 11:25 am

VailMony

Ontem quando retornava para a Marina Bracuhy, depois de uma semana de charter pela Baía da Ilha Grande, escutei Janjão, do veleiro Sweet, falando no rádio VHF com Fábio, do Vagabundo. Entrei na conversa e sai com um nó na garganta. O fato me deu um cansaço, que não consegui escrever nada.

Como dói noticiar a morte de um amigo. Escutei no rádio que estavam comemorando um duplo aniversario, numa ilha perto de Angra dos Reis, quando Vail Mony Filho não resistiu a um infarto fulminante. Alguns presentes e Maria Helena, sua jovem esposa que é médica, tentaram respiração boca-a-boca e massagem cardíaca, mas não houve jeito: Vail foi ser cruzeirista no céu junto a Yanus, Rogério, Abel, André, Shirley e Grego, Maurício Castro, Couceiro e Hamilton.

É um clichê, mas como a vida é efêmera. E irônica! O assunto, antes de Vail mergulhar a cata do botinho que havia se soltado, era o plano de alugar um barco para curtir as férias na Grécia.

Ficou a sensação que convivi pouco com Vail. O animado cruzeirista, como eu, entrou tarde na vela (foi capitão amador na turma de 2009 do curso de Fábio Reis) e cedo se tornou avô (aos 40 anos, hoje sua neta deve ter 14 anos). Vail, como eu, gostava de fumar e de uma cervejinha. Nas vezes em que fui a bordo do Mony (primeiro um BB 35 e depois um Tor 12,5) o papo rolava solto sempre regado a umas geladas e várias baforadas. O casal Mony vai ficar na memória dos encontros e cruzeiros da ABVC e a ultima vez que os vi foi no carnaval passado, num churrasco na Ilha do Cedro, quando fiquei só um pouquinho. Sem trocadilhos, mas se arrependimento matasse…

Como dizia o Seu Yanus, “estão atirando cada vez mais perto”.

A foto para ilustrar esta triste nota não poderia ser outra que esta que roubei do blog do veleiro Planeta Água: Vail e Helena na 1ª boteada do Sitio Forte, na Ilha Grande.

Anúncios
8 Comentários leave one →
  1. Luiz Fernando L. Beltrão permalink
    segunda-feira, 14 fevereiro, 2011 @ 11:59 am 11:59 am

    Hélio,

    Agora estou eu com um nó na garganta, ao acabar de saber da notícia pelo seu tweet. Convivi bastante com o Vail e a Helena, nos dois últimos Costa Leste e no Costa Sul. Não sei nem o que dizer, só lamentar muito…

    Curtir

  2. diariodoavoante permalink
    segunda-feira, 14 fevereiro, 2011 @ 4:57 pm 4:57 pm

    Hélio, sou mais um a ficar com um nó na garganta. Não convivi com o Vail e muito menos o conhecia de bater um bom e papo, mas admirava sua alegria e a cara de quem estava sempre de bem com a vida. Que Deus o tenha junto aos bons de alma e coração.

    Curtir

  3. miriam permalink
    segunda-feira, 14 fevereiro, 2011 @ 9:12 pm 9:12 pm

    é meu amigo, acho que essa perda deu nó em muitas gargantas do meio nautico. Mas infelizmente é a vida. Mas que é duro é. bjs
    miriam

    Curtir

  4. Marcelo Almagro dos Santos permalink
    terça-feira, 15 fevereiro, 2011 @ 2:05 pm 2:05 pm

    Puxa… o que dizer… o Vail eu conheço desde 1990, foi meu instrutor no Aeroclube de Sorocaba…

    Me ensinou muito sobre voar, e também sobre a vida. Em várias ocasiões a conversa – sempre regada a um bom vinho ou a uma cerveja – marcou meus pensamentos, em especial como ele encarava a vida de uma forma despreocupada e leve. Mas, ao manche de um avião, era todo compenetração e seriedade, transmitindo a todos os seus alunos a importãncia de cada pequeno gesto quando se comanda um avião.

    Nos últimos anos, quando ele já estava com a Helena, achei o Vail muito feliz e rindo mais… e acho que o mar também fez muito bem a ele.

    Enfim, a todos os que puderam conviver com ele, meus sentimentos. Paz e Luz, amigão!

    Marcelo

    Curtir

  5. Georgia permalink
    terça-feira, 15 fevereiro, 2011 @ 7:36 pm 7:36 pm

    Que triste. Realmente sentiremos a falta da alegria deste tão lindo casal! Muita força e fé á esposa dele.
    Helio… faltou vc mencionar um outro cruzeirista que ele vai encontrar com ele lá encima: O Marcinho ( meu ex-vizinho de pier) da Marina das Caravelas.

    Curtir

  6. quinta-feira, 17 fevereiro, 2011 @ 1:48 pm 1:48 pm

    TRISTE, MUITO TRISTE…

    Eu já li vários posts e relatos sobre o ocorrido aqui na Internet. Infelizmente eu NÃO conheci o Vail, mas ao que tudo indica eu realmente perdi a oportunidade de um papo largo e gostoso no cock-pit duma embarcação e regado a vinho.

    Espero conhecer o Vail num outro plano, talvez também num cock-pit de uma embarcação que desliza sobre as nuvens!

    Abraços e força pra toda família e amigos.

    Fernando Previdi

    Curtir

  7. Armando permalink
    segunda-feira, 21 fevereiro, 2011 @ 11:43 pm 11:43 pm

    Essa foto me recordava alguém que já esteve comigo a bordo algum dia; e depois de pesquisar minha caixa de e-mails, confirmei: o Vail também foi meu colega de vela. Estivemos juntos no primeiro curso de vela em 2007 na Ilhabela com o André Homem de Melo.

    Lembranças

    Abraços

    Curtir

  8. segunda-feira, 12 setembro, 2011 @ 1:13 pm 1:13 pm

    Pessoal,

    Parafraseando o Sr. Yanus, que também já se foi: estão atirando cada vez mais perto, e melhorando a pontaria!
    Agora foi o Sr. Arizon, da escuna de mesmo nome, lá de Itajaí.
    veja aqui: https://maracatublog.wordpress.com/2011/08/30/bye-bye-arizon/
    Muito triste.

    Curtir

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: