Skip to content
Anúncios

O Náufrago Invisível – Parte 2

segunda-feira, 3 março, 2008 @ 12:10 am

Convidei o casal Marçal e Eneida Ceccon para inaugurar o Papo de Convés, uma nova seção aqui no MaraCatu Weblog. A equipe de editores está compilando a entrevista e vai publicar ainda esta semana. Você não perde por esperar.

Mas dando continuidade à série “O Náufrago Invisível”, onde Marçal conta  o achado inusitado perto da ilha de Sandri, aqui vai a segunda e última parte.

Dei uma boa olhada em tudo o que havia dentro da cabana, sendo esse “tudo” reduzido a uma espécie de cesto feito de cipós, no qual estavam dois copos de água mineral (conclui que o náufrago não era você, e fiquei mais tranqüilo!) e um desses pulverizadores manuais de água [aqui Marçal se refere ao editor deste blog que não toma água, só bebe cerveja].

Marçal inspeciona a jangada - Foto © Eneida Ceccon Aí a coisa começou a se desencantar, os copos de água eram da marca Lindóia, um vazio e um cheio, o pulverizador feito de plástico tinha o rótulo em inglês, mas não dava para saber a origem. Nenhum sinal de comida, peixe ou mesmo escamas, que mostrassem sinais de que alguém viveu alguns dias ali.

Olhando mais atentamente notei que os troncos não tinham cracas típicas de alto-mar, as Anatifas. Isso mostrava que a coisa estava boiando há pouco tempo. Com certeza não passou por Paraty, pois do contrario estaria coberta de cracas em um dia!

Olhamos atentamente no mar em volta para ver se havia sinais do “náufrago”. Nada. Deixamos as coisas lá e soltamos a nossa “presa”. Notificamos a DELEMAR através de Rio Rádio, passamos a posição 23° 02,7 S / 044° 26,5 W e fomos embora com uma pergunta na cabeça, que diabos foi isso?

Será que alguém mais viu isso, ou sabe a história completa do náufrago invisível?

Marçal
_/)/).
~~~~ ~~~~~ ~~

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. segunda-feira, 3 março, 2008 @ 10:46 pm 10:46 pm

    Que bizarro isso! A jangada nem é tão precária assim… Valeu pelo link Hélio! Curiosa essa vida de quem vive no mar,não?

    Curtir

  2. Isaias Marinho da Paixão permalink
    sexta-feira, 7 março, 2008 @ 11:08 pm 11:08 pm

    Pessoal, em primeiro lugar gostaria de parabeniza-los pelo site. É maravilhoso. Segue a resposta do mistério da balsa:

    Esta balsa foi utilizada nas cenas da novela Caminhos do corção, da rede Record. uma família tinha que fugir de uma ilha e construiu esta balsa para fugir da ilha. Caso vocês passem o e-mail, eu posso enviar as fotos da balsa sendo utilizada na novela.
    A Record deve ter abandonado a balsa após as filmagens destas cenas.

    Curtir

  3. quarta-feira, 12 março, 2008 @ 12:37 am 12:37 am

    Isaias,

    Parece que a jangada fugiu do set de filmagem e ficou à deriva perto da Ilha de Sandri, quando Marçal a encontrou.

    Escutei, no canal VHF 68, uma embarcação reportar que já tinha resgato a jangada e que estava retornando, só não consegui pegar mais detalhes.

    Obrigado pelas fotos. Publiquei uma delas com o fim do mistério do náufrago invisível.

    Bons ventos sempre,

    Curtir

Em que você está pensando? Deixe seu pitaco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: